Lixo: todos produzem, todos cuidam

Eis mais um grande desafio! A Política Nacional de Resíduos Sólidos, já em vigor, estabelece a responsabilidade de todos por tudo que consumimos e descartamos. Isso quer dizer que as empresas terão de fabricar produtos que deixem menos resíduos e que sejam mais recicláveis. O consumidor está proibido de queimar lixo a céu aberto ou jogá-lo em ruas, praias e rios. E, no caso de alguns produtos, terá que devolvê-lo ao fabricante, para que este os recicle.

Agora somos todos responsáveis pelo descarte de resíduos no país. Tanto quem produz, como quem consome. Por isso, é cada vez mais vital que estejamos bem informados, não só sobre detalhes da nova lei, como, também, sobre como descartar qualquer produto, de forma correta. E mais: com a consciência de que é preciso consumir cada vez menos.

– Computadores e outros eletrônicos encostados em casa podem ser doados a empresas e projetos que recuperam e doam esses equipamentos para escolas. Material sem recuperação segue para a reciclagem.

Lâmpadas fluorescentes contêm mercúrio, um metal pesado, e por isso devem ser enviadas para reciclagem específica. As incandescentes, halógenas e de sódio de baixa pressão podem ser recicladas normalmente, mesmo quebradas.

NÃO RECICLÁVEIS
Você sabe que alguns materiais e produtos não podem ser reciclados de jeito nenhum? Neste caso, o único destino possível é o aterro sanitário ou o lixão.” Mas claro que tudo depende do local onde você mora. Há lugares no Brasil que pouco reciclam e outros nos quais a coleta está bem avançada. Portanto, informe-se com a prefeitura e as cooperativas sobre as possibilidades de sua região e separe o lixo de acordo com essa orientação”, explica Patrícia Blauth, da ONG Menos Lixo. Se tiver disposição, que tal ampliar essas possibilidades e iniciar uma campanha de conscientização em seu bairro ou na sua cidade? Abaixo, indicamos o que geralmente não dá para reciclar:

PAPÉIS
– papéis com muita cola, como adesivos tipo “post-it”, etiquetas, fitas crepe e “durex”. A consultora da Menos Lixo explica: “Um envelope com etiqueta e selo é aceito; embora a dica educativa a ser dada é pela simplificação: envelopes sem janela de celofane”;
– papel carbono, celofane e manteiga;
– guardanapos, papel toalha e papeis higiênicos usados;
– papéis metalizados, parafinados e plastificados;
– fotografias;
– recibos de cartão de crédito e débito. Por isso, é mais legal recusar a sua cópia.

PLÁSTICOS
– filmes plásticos que embalam objetos e alimentos, limpos ou usados;
– cabos de panela;
– isopor, mas algumas cooperativas aceitam o de embalagens de eletrodomésticos, apenas;
– teclados de computador;
– acrílicos;
– esponjas e espumas, como as usadas em travesseiros, colchões e almofadas;
– sacolas e sacos plásticos sujos, mas checar com prefeituras e cooperativos se os limpos podem ser reciclados.

VIDROS
– espelhos;
– cristais;
– vidros temperados;
– ampolas de medicamentos
– artigos feitos com fibra de vidro, que é usada na fabricação de cestos de lixo, baús de motos, barcos etc;
– lentes de óculos.

OUTROS
– cerâmicas, louças e porcelanas;
– tecidos naturais e sintéticos tipo TNT, Perfex e Tyvek;
– cotonetes, fraldas e absorventes, limpos ou usados;
– cortiças: painéis ou rolhas de bebidas;
– peças de couro como sapatos, cintos e bolsas, entre outros;
– peças de fibras vegetais como vime, palha, etc.
– blisters (cartelas de remédio) e remédios podem ser entregues em farmácias que promovem essa coleta;
– pilhas e baterias devem ser descartadas em pontos de coleta especializados
– seringas, algodões e gazes usados.

Fonte: Planeta Sustentável

Anúncios

Sobre Liliane Castro

"O que eu faço, é uma gota no meio de um oceano. Mas sem ela, o oceano será menor." (Madre Teresa de Calcutá) Ficarei uns dias sem postar, devido a preparação e defesa de TCC na Universidade...
Esse post foi publicado em Resíduos sólidos, Responsabilidade Ambiental e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s